Antiguidade
Corrida de Bigas
Atualidade
Corrida de bois
Atualidade
Corrida de Charretes
Paris-Rouen
Peugeot de 3HP de 1894

Antiguidade versus Atualidade

IDÓLATRAS

TRAÇÃO ANIMAL - BIGAS

Muito antes da invenção do carro automotriz, ou seja, do carro movido por uma tração não animal, como o carro com motor a vapor, gasolina, elétrico ou a diesel, o homem já idolatrava as corridas. Tanto é assim que os antigos iranianos, romanos, gregos e bizantinos, já utilizavam a corrida de bigas tanto como por lazer, por esporte ou arte circence.

TRAÇÃO ANIMAL - CARROÇAS

Embora pareça uma coisa que ficou no imaginário popular, as corridas puxadas por tração animal não é uma coisa do passado. Na India, existe ainda a corrida de bois,

TRAÇÃO ANIMAL - CHARRETES

e no Brasil as bigas se transformarão em carroças, e em alguns lugares, embora seja proibido ainda existem as corridas de carroça ou charrete, onde os carroceiros encaram até modernas estradas, pondo em perigo a sua vida, a do animal e a vida de outras pessoas que trafegam pelas estradas. Na terceira foto abaixo os jovens apostam uma corrida na rodovia Raposo Tavares, uma das mais movimentadas do país.

Corredor de Bigas

Biga de Corridas

Corrida de Bois

Corrida indiana de bois

Corrida de charretes

O perigo nas rodovias


História antiga I

Dessa forma, essa página se dedica a mostrar os tipos de corridas. Entretanto, mostraremos as corridas reconhecidas localmente ou mundialmente.
Uma das primeiras corridas que se tem notícia foi a Corrida Paris-Rouen. Georges Lemaître ganhou a corrida Paris-Rouen com seu carro Peugeot de 3HP. Em 1894, foi organizada a primeira competição na França pela revista parisiense Le Petit Journal entre Paris para Rouen , um teste de confiabilidade para determinar o melhor desempenho, na época foi chamada de Concours des Voitures sans Chevaux (Competição de Carros sem Cavalos). O conde Jules-Albert de Dion foi o primeiro a chegar em Rouen no tempo de 6 horas e 48 minutos, numa velocidade média de 19 km/h, contudo sua vitória não foi contabilizada já que o seu carro continha um acessório proibido, por essa razão o título da corrida foi dado a Georges Lemaître, que chegou na segunda colocação.
Em 1895 realizou-se a primeira corrida propriamente dita, entre Paris e Bordeaux. A corrida tinha um trajeto de 1178 km e 46 concorrentes, mas apenas 22 deles iniciaram a prova. O primeiro a chegar foi Émile Levassor, mas foi desclassificado porque o seu carro não obedecia às exigências da competição. Assim, o prêmio foi para o segundo colocado.

Corrida Paris-Rouen

Peugeot de 3HP - 1894

Corrida Paris-Rouen

Peugeot Phaeton de 3HP - 1894

Paris-Bordeaux

Corrida Paris-Bordeaux - 1895


História antiga II

A primeira corrida de automóveis na América, num percurso de 54,36 milhas, teve lugar em Chicago, a 2 de novembro de 1895. Frank Duryea venceu, em 10h23mim, sobrepondo-se a três carros movidos a gasolina e a dois elétricos. O veículo elétrico La Jamais Contente, de aerodinâmica automotiva avançada e projetado por Camille Jenatzy, foi o primeiro automóvel a superar a velocidade de 100 km/h, em Paris a 29 de Abril de 1899.
As corridas entre cidades, promovidas pelo Clube do Automóvel Francês (ACF) de grande sucesso terminaram em 1903 quando Marcel Renault se envolveu num acidente fatal perto de Angoulême durante a corrida Paris-Madrid. Oito mortes levaram o governo francês a interromper a corrida em Bordéus e a banir as corridas de estrada.

Frank Duryea

1ª Corrida na America - 1895

La Jamais Contente

Veículo elétrico La Jamais Contente - 1899

Acidente Paris-Madrid

Marcel Renault - 1903


Século XX

Com a grande quantidade de acidentes fatais das corridas de rua, muitas vezes acarretando a morte de pessoas que assistiam, foi resolvido a construção de circuitos fechados para corridas automotivas, e o consequente diatânciamento do público.
Nos Estados Unidos, em 1903, baseados no formato oval dos hipódromos é construído o Milwaukee Mile, considerado o primeiro autódromo do mundo, em 1907 é construído o oval de Brooklands na Inglaterra que foi o primeiro circuito feito especialmente para corridas de carros, contando, inclusive, com inclinação nas curvas, em 1909 é construído o Indianapolis Motor Speedway nos Estados Unidos.
Em 1922 é construído o Circuit de Spa-Francorchamps na Bélgica, em 1923 o Circuit de la Sarthe na França, em 1927 o circuito de Nürburgring na Alemanha, em 1929 o Autodromo Nazionale Monza na Itália.
O inglês Dan Wheldon posou na segunda-feira 30/05/2011 com o troféu de campeão das 500 milhas de Indianapolis 2011, fechando as comemorações do centenário da prova. Para a histria fica ele com seu carro da equipe Bryan Herta, ao lado do carro de Ray Harroun, vencedor da primeira prova em 1911.
Com o fim da Segunda Guerra Mundial houve um rápido crescimento do automobilismo no mundo, numa forma de unificar as corridas de Grand Prix foi criada em 1950 a Fórmula 1, em 1953 o Campeonato Mundial de Resistência foi criado, o WEC, contando com vários grupos de corrida, em 1973 foi criado o Campeonato Mundial de Rally o WRC.

Circuito de Indianópolis

Primeira 500 milhas - 1911

Circuito de Indianópolis

Comemoração do Centenário - 2011

Campeonato Mundial de Resistencia

WEC - 2019


Campeonato Mundial de Rally - WRC

Os ralis, ou rallyes são corridas de carros de produção profundamente modificados em estradas públicas (fechadas) ou em áreas sem estrada. Um rali típico tem lugar em várias etapas, que os participantes podem analisar antes da competição. O navegador / co-piloto usa as notas tiradas durante o reconhecimento para ajudar o piloto a completar a etapa o mais depressa possível. A competição é geralmente baseada nos tempos, embora ultimamente tenham aparecido algumas etapas com competição direta.

WRC 1973

Reanault - 1973

Audi Sport Quatto

Audi Sport Quatto - 1986

citroen xsara wrc

Citroen Xsara WRC


Carros de Turismo - WTCC e TCR

Campeonato Mundial de Carros de Turismo (em inglês World Touring Car Championship) é um campeonato internacional de carros de turismo, organizado pela Federação Internacional de Automobilismo.
O conceito de turismo (conhecido também como Gran Turismo ou GT) diz respeito aos carros que mesclam luxo e alto desempenho, com projeto para ser dirigido por longas distâncias. Diferente dos esportivos mais comuns, os carros de Gran Turismo são mais largos, pesados e oferecem ênfase no conforto em relação ao desempenho.
A disputa acontece em grandes circuitos e tem participação de grandes fabricantes de carros como BMW e Chevrolet. É considerado como o terceiro maior campeonato organizado pela FIA, ficando atrás apenas da Fórmula 1 e do Campeonato Mundial de Rali.
A modalidade TCR é nativa da Itália e baseia-se em baixos custos de terminais e equipamentos para participar da competição, o maior custo seria comprar o veículo, embora possa ser usado por 3 temporadas, hoje possui mais de 20 campeonatos em todo o mundo em que competem carros com teto (Sedans e Hatchnacks) do segmento C com motores turbo de dois litros.

Carros GT

Corrida no Japão - 2012

Carros GT

Corrida de Marrocos - 2013

TCR

América do Sul - 2020


NASCAR

Conhecida principalmente por suas provas em circuitos ovais e de longa duração, a NASCAR é na verdade o nome da associação automobilística que controla campeonatos de stock car no país. A modalidade de stock car começou há muito tempo, especificamente na década de 20, na cidade de Daytona Beach, Estados Unidos. Consistiam de carros de passeio normais, sem modificações para corridas.
A associação foi criada oficialmente em 1948, com o propósito de padronizar as regras da competição e buscando seu crescimento. Desde então a associação conta com diversas categorias, tendo como principal e mais conhecida a Sprint Cup, que abriga provas tradicionais como a Daytona 500, principal prova da categoria e uma das mais longas (500 milhas), perdendo para a Coca-Cola 600 (600 milhas realizadas no Lowe’s Motor Speedway).

Daytona 500

Daytona Beach - 2020

Nascar

Nascar - 2020

Silly Season

NASCAR Cup Series - 2020


Fórmula Truck

A categoria de corrida de caminhões surgiu no final dos anos 80, com o nome de I Copa Brasil de Caminhões. Desde então os números de competidores e fãs da modalidade crescem exponencialmente, ano após ano.
A Fórmula Truck é composta por caminhões totalmente preparados para corrida, totalizando 6 marcas competidoras, com 24 pilotos e 14 equipes participantes. O número de voltas varia entre 30 e 35, dependendo da extensão da pista onde está ocorrendo a prova e das condições do autódromo.
Mas não pense que a modalidade tem corridas lentas por ser composta por caminhões: os veículos podem passar dos 200 km/h em determinados trechos. No entanto, para garantia de segurança, há um controle de velocidade em um ponto da pista. O limite? 160 km/h. Veloz, não?

Fórmula Truck

Fórmula Truck - 1980

Fórmula Truck

Fórmula Truck - 2018

Fórmula Truck

Curvelo - 2019


Rally Dakar

Tudo começou meio por acaso, quando, em 1977, o piloto francês Thierry Sabine se perdeu no deserto do Saara (o mais quente e extenso do mundo) e percebeu que possivelmente ali seria um ótimo local para organizar uma corrida off-road.
Dois anos depois, acontecia a primeira disputa, partindo de Paris, na França, até a cidade de Dakar, no Senegal. Foram cerca de 10.000 quilômetros enfrentados por 90 motocicletas, 12 caminhões e 80 carros. Os pilotos Alain Génestier e Joseph Terbiaut foram os vencedores na categoria carros e Cyril Neveu, na categoria motocicletas.
Considerada a prova mais dura de Off-Road do mundo, o Dakar Rally ocorre anualmente na América do Sul, começando sempre na primeira semana do ano. As categorias da competição são compostas por automóveis, motos, caminhões e quadriciclos.
Anteriormente era conhecida como Rali Paris-Dakar, justamente por ocorrer entre as duas cidades. A prova contemplava, entre diversos desafios, a passagem dos competidores pelo Deserto do Saara.
Realizada na América do Sul desde 2008 por diversos fatores, a prova faz o percurso através de terrenos variados entre Peru, Chile e Argentina.

Rally Dakar

Rally Dakar - 1980

Rally Dakar

Peru - 2019

Rally Dakar

Rally Dakar no Senegal


24 Horas de Le Mans

As 24 Horas de Le Mans é uma das mais tradicionais corridas automobilísticas do mundo e a principal prova do Campeonato Mundial de Endurance da FIA. É apontada como a maior corrida do planeta. A prova de resistência que dura 24 horas é disputada anualmente desde 1923, no Circuit de la Sarthe, na França.
A prova é considerada como um grande laboratório de testes, onde as montadoras podem comprovar quanto seus carros podem ser rápidos e resistentes. Ela é dividida em Protótipos, onde estão os carros mais velozes e experimentais, que passam ali por testes em todos os componentes, desde motores até pneus, casco e dispositivos de controle; E a categoria de Gran Turismo, composta por veículos esportivos.
A corrida acaba somente quando o primeiro carro cruzar a linha de chegada, após decorridos pelo menos 24 horas de prova.

24 Horas de Le Mans - 1923

Chenard & Walcker Sport 3-Litre

24 Horas de Le Mans - 1966

Ford GT-40 vence as Ferrari

24 Horas de Le Mans - 2019

24 Horas de Le Mans


Corrida de monoposto | Fórmula

As corridas de monoposto (ou monolugares, muitas vezes conhecidos por Fórmulas) são talvez o aspecto mais bem conhecido do automobilismo, com carros desenhados especificamente para corridas de alta velocidade. As rodas não são cobertas, e os carros têm asas aerodinâmicas à frente e atrás para produzir uma força para baixo e aumentar a adesão à pista.
As corridas de monoposto realizam-se em circuitos especialmente construídos, ou em circuitos citadinos fechados para o efeito. Muitas das corridas de monoposto na América do Norte têm lugar em circuitos ovais como a Indy Racing League.
A mais nova categoria de monoposto é a Fórmula E, onde só podem concorrer carros elétricos, embora corridas de carros elétricos não seja uma novidade.
As mais bem conhecidas corridas de monoposto são as de Fórmula 1, que se desenvolvem num campeonato do mundo anual em que participam alguns dos principais fabricantes de automóveis e de motores do mundo, numa batalha que é tanto tecnológica como de desempenho na pista. Na América do Norte, os carros Champ Cars e os da Fórmula Indy assemelham-se aos de F1 mas são sujeitos a muito mais restrições.
Existem outras categorias de monoposto, incluindo as corridas de karts que empregam pequenas máquinas de baixo custo em pequenas pistas. Muitos dos melhores pilotos da actualidade iniciaram as suas carreiras nos karts.

Monopostos

Kart em Volta Redonda

Monopostos

Formula Indy em Indianópolis

Monopostos

Fórmula E


Corrida de Dragster

Dragster é um tipo de veículo leve com motores extremamente potentes, especialmente projetados para provas de arrancada. Surgiram nos Estados Unidos na década de 1960. Foram concebidos para altas velocidades, acima dos 500 km/h.
As corridas de dragsters são divididas em diversas categorias dependendo da potência e do tipo de motor, além do preço do carro, como Pro Mod, Top Fuel, Pro Stock etc. Há atualmente duas associações que congregam os competidores e organizam os eventos: a NHRA (National Hot Rod Association) e a IHRA (International Hot Rod Association). As disputas ocorrem entre carros divididos em quatro categorias principais: Pro Stock Motorcycle, Pro Stock, Funny Car, e Top Fuel, esta última a que abordaremos aqui por se tratar da mais "violenta" de todas e a que é considerada a categoria Topless.
Os motores da categoria Top Fuel e "Funny Cars" podem utilizar combustíveis de alta combustão como nitrometano, 95%, misturado ao metanol, 5%, e podem alcançar até 12.000 hp de potência. Os Dragsters da categoria Top Fuel são capazes alcançar mais de 530 km/h de velocidade final e percorrer cerca de 400 metros em menos de 4 segundos, por mais absurdos que estes números possam parecer para aqueles que nunca viram um carro destes acelerando, se é que se pode chamar uma máquina destas de carro! O nitrometano é um poderoso combustível, em que apenas uma gota é capaz de criar um buraco de razoável tamanho em um piso de concreto. Ele pertence a um grupo conhecido como nitroalcanos, que consiste em uma molécula de alcano (como metano, propano ou etano) de onde um átomo de Hidrogênio e é substituído por um grupo nitro (-NO²). O nitrometano utilizado para este fim não é 100% puro, mas reduzido a uma concentração em torno de 2%, por razões óbvias.

Dragster

Categoria Top Fuel

Dragster

Categoria Funny Car

Dragster

Categoria Pro Stock Motorcycle


Outros Sites Nossos

O melhor em itinerários do Brasil
O melhor em itinerários do Brasil
Propague seus produtos
Sua opinião é o que importa
Sua opinião é o que importa
Leia livros grátis
Leia livros grátis agora!